Vencendo os traumas do passado…

“Você não pode mudar o seu passado, mas você pode tirar forças dele.”

Raabe foi uma mulher que, durante muito tempo, viveu uma vida escura, marcada por decepções e relacionamentos abusivos. Mas, através da fé, ela conseguiu mudar a sua história. Sua superação foi tão grande que, de vitima, ela passou a ser vista como exemplo de coragem e força. Raabe acreditou em sua mudança. Assim conseguiu enterrar o passado e escrever um futuro promissor. Ela se libertou do peso que carregava, casou e constitui família da qual nasceu o Senhor Jesus.

Tendo essa fé transformada como referência, o Projeto Raabe foi criado para valorizar e dar assistência as mulheres que carregam algum tipo de trauma e sofrem com marcas do passado. O nosso objetivo é fazer de cada história triste, um exemplo de superação.

11988424_1122615691101568_4685770893358772673_n

Contamos com o trabalho de voluntárias que passaram pela mesma experiência e venceram, além de conselheiras prontas para prestar ajuda emocional.

Descubra como curar as feridas da alma e ser uma nova mulher frequentando os nossos encontros. Eles acontecem todo segundo domingo do mês as 15h e a entrada é gratuita.

m nossos encontros, você é recebida com respeito e carinho por mulheres dispostas a lhe ajudar a vencer os traumas do passado e lhe ensinar a lutar pelo seu futuro, encontre o Raabe mais próximo de você:
Em São Paulo, os encontros acontecem no Templo de Salomão

Email: projetoraabe@gmail.com

Telefone:(11) 95349-0505

Endereço: Av Celso Garcia, 605 – Brás, 10º andar – Templo de Salomão

Acesso pela Rua João Boemer (Entrada pelo estacionamento)

Clique aqui para ver outros endereço mais próximo

Compartilhe!
Compartilhe este Post

Sobre o Autor: Godlywood Brasil

34 thoughts on “Vencendo os traumas do passado…

  1. sandra
    4 de janeiro de 2016 em 9:16

    Gostaria de fazer parte do grupo

  2. Karine Alves da Silva
    4 de janeiro de 2016 em 11:41

    Eu quero participar do Godllywood mais como eu participo?! Eu tenho 10 anos em qual grupo eu fico? Me ajudem pfv obg pela atenção adoro vc Cristiane Cardoso 🙂

  3. susana maia
    5 de janeiro de 2016 em 23:15

    ola sou membro da igreja a 15 anos, ja acontecerao coisas, muito abencoadas em minha vida, mas a uma coisa no passado que me incomoda, gostaria de ajuda. obrigada.

    • Godlywood Brasil
      6 de janeiro de 2016 em 11:06

      Olá Susana,

      Procure na Universal que você frequenta informações sobre onde será transmitido a nossa reunião mensal, converse com uma obreira ou esposa e seja sincera com ela. Ela com certeza, irá lhe ajudar.

  4. 6 de janeiro de 2016 em 16:11

    -Jaah sofrie muitas coisa antes de entra na igreja e uma dela eu ñ consigo esquecer
    Pois hoje eu sei q tudo q eu passei foi por causa do diabo e hoje piso na cabeça dele por tudo q eu passei e verdadeiramente sou feliz…

  5. ana rute silva
    10 de janeiro de 2016 em 16:28

    Eu quero muito entrar nesse grupo ,por que vejo algo em mim que não aceito e quero mudar isso. E no meu interior quero mudar isso.

  6. 10 de janeiro de 2016 em 16:32

    Presiso muito de ajuda e orientação .por que ja tentei mudar e não tenho conseguido ,presiso resolver esta situação.

  7. Lumara
    22 de janeiro de 2016 em 20:45

    É muito difícil vencer um trauma, mas graças a Deus temos a oportunidade de ser livre e ter uma nova vida.

  8. 25 de janeiro de 2016 em 17:28

    Muito bacana o Projeto Raabe, apesar de eu ser do Godllywood Girls, eu acho muito legal isso para as pessoas que tem um trauma, assim elas podem ser ajudadas e etc 🙂

  9. Isabel Villero
    30 de janeiro de 2016 em 19:18

    Muitas mulheres sao infelizes porque ainda elas vivem com traumas do passado e ainda nao conseguiram se livrar ou abrir mao de esse passado. Esse lindo e abençoado projeto vai e tem ajudado muitas mulheres. Deus continue abençoar.

  10. Patricia
    9 de fevereiro de 2016 em 14:45

    O trabalho do Projeto Raabe tem um unico sentindo,que é muito importante na vida de todas nós mulheres
    Descobri o nosso verdadeiro valor e se queremos uma mudança uma transformação de vida temps que nós valorizar.

  11. 11 de fevereiro de 2016 em 17:39

    Realmente vale apena frequentar este grupo Reabe muito lá aprende se a vencer os traumas os medos .Eu aprendi muita coisa participe vai mudar sua vida

  12. ivanir santos
    11 de fevereiro de 2016 em 19:26

    Ola boa noite.
    Ja participei de alguns encontros do raabe aqui na suiça e è muito bom!è onde podemos ser curadas de forma carinhosa com mulheres que ja se superarao dos seus traumas e estao dispostas a nos ajudar.beijinhos.

  13. 15 de fevereiro de 2016 em 14:10

    Já participei de algumas reuniões da raab são reuniões aonde eu me identificava muito porque paracia que tudo o que era falado até mesmo um testemunho de uma outra pessoa era aquilo que eu passava em casa me casei muito nova e fui vítima de muita humilhação, desvalorização enfim muita coisa ruim mesmo hoje eu vejo que eu mesmo não agia da forma correta eu provocava mas na altura eu não entendia,eu deixei de me amar de me valorizar me sentia sempre inferior,e ao participar das reuniões da raab me fazia bem porque todas que ali estávamos tínhamos passado ou estávamos a passar por momentos parecido então isso não me fazia sentir tão inferior mas sim me começar a ver e ver que não era só e apenas eu que enfrentava problemas mas que havia uma solução. Pois aconselho a cada mulher que tenha passado por traumas a participar dessas reuniões

    • 22 de fevereiro de 2016 em 17:52

      Ola madalena concordo com você eu tambèm fui muito humilhada no meu casamento eu tambèm participei de algumas reuniao do raabe e tambèm me indentifiquei com algumas coisas que achava que nao tinha importancia mas que ao me ver por dentro fez toda diferença na minha vida.bjs felicidades

  14. Patricia
    16 de fevereiro de 2016 em 6:18

    O Projeto Raabe tem aberto muitas portas para mulheres que não tem, mas sua alto estima eu amo muito esse trabalho porque ele começa trabalhando de dentro para fora.
    Não tem como curar o nosso exterior se dentro estiver com feridas mal resolvidas.

  15. 17 de fevereiro de 2016 em 19:29

    Ótimo projeto Raabe,ensinar a superar e continua enfrente mostra que não importa o tipo de trauma,com Deus supera tudo,parabéns por esse projeto..

  16. Eni Gonçalves
    25 de fevereiro de 2016 em 23:14

    Desde começou os trabalhos de auxilio a mulheres fragilizadas no seu intimo, pelo Projeto Raabe, vemos a importância de cuidar dessas mulheres. Pois vemos nas nossas próprias histórias de superação a necessidade de encontrar pessoas que nos ouçam, nos cuidem, nos amem ou simplesmente orem por nós. A cura interior só acontece mediante a uma entrega e a confiança a cima de tudo em Deus e a seguir em seus auxiliadores. Eu tive esse apoio, amor e dedicação quando cheguei. Hoje com o Projeto Raabe vem para aprimorar esse atendimento, tudo é Deus amando o seu povo.

  17. 28 de fevereiro de 2016 em 5:56

    Bacana, achei supre necessário, por que realmente existem mulheres que sofre muito devido ao passado, e, creio que mulheres serão salvas devido a esse trabalho lindo, O Projeto Raabe

  18. Beatriz maldonado
    28 de fevereiro de 2016 em 10:14

    Gostoi bastante desse post, me ajudou muito ❤️❤️❤️

  19. Fernanda
    29 de fevereiro de 2016 em 13:09

    Na nossa sociedade nos dias de hoje é muito comum ver mulheres a serem maltratadas e o grupo Raabe veio para ajudar essas mulheres a vencerem traumas que viveram no passado.
    Com essa ajuda vencem esses traumas e assim conseguem seguir enfrente tendo superado tudo.

  20. 5 de março de 2016 em 0:23

    Eu ja sofri muitos traumas antes de chegar na igreja mais Deus me ajudou a superar eles …..hoje sou mais forte que eles….

  21. 7 de março de 2016 em 17:50

    Eu achei muito interessante esse projeto Raabe, eu tive muitos tramas, decepções,mas graças a Deus, estou me superando.

  22. claudia da silva
    28 de março de 2016 em 17:21

    O passado fala forte muitas vezes, mas a fé nos faz perseverar, mesmo quando ninguém acredita em nos, mas ela nos impulsiona a seguir em frente

  23. 25 de maio de 2016 em 5:39

    Na verdade tem muitas mulhes infelizes por conta de um trauma que viveram no passao, então estes projectos é muito bom e importante para elas poderem superar estes traumas, e saberem que a vida nºao acabou e que DEUS ainda lhes ama e com estas experiencia poderem ajudar outras pessoas.

  24. 30 de maio de 2016 em 10:43

    hola..este proyecto tan bueno hace que las mujeres que recibieron maltratos o abusos en el pasado sean dejados todos atrás, y de ellos mismos sacar fuerzas para seguir adelante con la ayuda de Dios.

  25. Claudia
    16 de junho de 2016 em 17:20

    É muito incentivador e fortalecedor um projeto como este, que nos mostra na historia e na pratica a vida de mulheres que venceram o seu passado e se tornaram exemplos a serem seguidos!!

  26. Maria Francisca
    18 de junho de 2016 em 19:41

    O projeto Raabe mudou a vida de muitas mulheres e atraves do projeto suas vidas tem mudado

  27. 29 de junho de 2016 em 21:54

    Somos nós responsável pelas atitudes, sejam elas boas ou ruins. O nosso presente depende do que fomos e fizemos no passado com as escolhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *